Por Sermos Irmãos

Que os erros de outrora nos façam pensar
Que o tempo é agora e não pode esperar;
Que o amor não tem hora, nem cor, nem lugar,
E só tem sentido se a gente se amar.

Que a nossa garganta desate esse nó
Num abraço apertado, sem medo e sem dó;
Que a gente divida entre acordes e tons
A honra e o prazer de juntar nossos dons.

Que Deus sobre nós multiplique esse amor:
Sadio e sincero, no riso e na dor;
Que as nossas canções falem sempre de paz:
Nem muito de menos, nem pouco de mais.

Que a história se faça por sermos irmãos
No peito e na raça, no aperto das mãos;
Que as nossas crianças nos vejam assim:
Amigos no início, no meio e no fim.

Letra e Música: João Alexandre



Publicado por:
Em:
22 de outubro de 2008 às 08:19
Categorias:
Nacionais
Compartilhar