O Love that will not let me go

Ó, Amor que não me Deixarás

O Love that will not let me go,
Ó, Amor que não me deixarás,
I rest my weary soul in thee;
Descanso minh’alma exausta em Ti;
I give thee back the life I owe,
Reentrego-Te a vida que Te devo,
that in thine ocean depths its flow
Para que nas profundezas de Teu oceano, sua corrente
may richer, fuller be.
Possa ser mais rica, mais completa.

O Joy that seekest me through pain,
Ó, Alegria que me procuras em meio à dor,
I cannot close my heart to thee;
Não posso fechar meu coração a Ti;
I trace the rainbow through the rain,
Reconheço o arco-íris em meio à tormenta,
and feel the promise is not vain,
E sinto que não é vã a promessa
that morn shall tearless be.
De que pela manhã não haverá lágrimas.

O Cross that liftest up my head,
Ó, Cruz que ergues minha fronte,
I dare not ask to fly from thee;
Não ouso pensar em me afastar de Ti;
I lay in dust life’s glory dead,
Deixo morta na poeira a glória da vida,
and from the ground there blossoms red
E deste solo floresce, vermelha,
life that shall endless be.
A vida que há de ser sem-fim.

O Love that will not let me go.
Ó, Amor que não me deixarás.



Interpretação:
Música:
, ,
Letra:
Tradução:
Publicado por:
Em:
2 de Fevereiro de 2009 às 09:54
Categorias:
Internacionais, Letras
Tags:
, , ,
Compartilhar
  • Célia

    Nossa! É linda! Assim como todo o site! Tudo aqui transpira bênção e esperança! 🙂