The Flagship of Patience

O Navio-Almirante da Paciência

“Love is patient.” (I Corinthians 13:4)
“O amor é paciente.” (I Coríntios 13:4)

Paul presents patience as the premier expression of love. Positioned at the head of the apostle’s Love Armada – a boat-length or two in front of kindness, courtesy, and forgiveness – the flagship known as patience. “Love is patient.”
Paulo apresenta a paciência como a primeiríssima expressão do amor. Posicionado à testa da “Armada do Amor” do apóstolo – uma ou duas braças à frente da bondade, cortesia e perdão – está o navio-almirante conhecido como paciência. “O amor é paciente”.

The Greek word used here for patience is a descriptive one. It figuratively means “taking a long time to boil.” Think about a pot of boiling water. What factors determine the speed at which it boils? The size of the stove? No. The pot? The utensil may have an influence, but the primary factor is the intensity of the flame. Water boils quickly when the flame is high. It boils slowly when the flame is low. Patience “keeps the burner down.”
A palavra grega usada aqui para paciência é uma palavra descritiva. Figurativamente, significa “levar um longo tempo pra ferver”. Pense numa panela de água fervendo. Que fatores determinam a velocidade da fervura? O tamanho do fogão? Não. A panela? O utensílio pode ter influência, mas o fator primário é a intensidade da chama. A água ferve rapidamente se a chama for forte. Ela demora pra ferver se a chama for fraca. A paciência “mantém o fogo baixo”.

Helpful clarification, don’t you think? Patience isn’t naïve. It doesn’t ignore misbehavior. It just keeps the flame low. It waits. It listens. It’s slow to boil. This is how God treats us. And, according to Jesus, this is how we should treat others.
É uma explanação bem útil, não acha? A paciência não é ingênua. Ela não ignora o mau comportamento. Ela só mantém a chama fraca. Ela espera. Ela ouve. Demora pra ferver. Assim é que Deus nos trata. E, de acordo com Jesus, assim é que devemos tratar os outros.

Max Lucado



Publicado por:
Em:
12 de junho de 2009 às 03:25
Categorias:
Internacionais, Reflexões
Compartilhar
  • Marleide

    È verdade devemos manter a nossa chama sempre fraca, é disso que o mundo esta precisando..
    bjs,