The Place of Prayer

O Lugar de Oração

“They went back to Jerusalem from the Mount of Olives… They all continued praying together.” (Acts 1:12, 14)
“Então voltaram para Jerusalém, do monte chamado das Oliveiras… Todos eles perseveravam unanimemente em oração e súplicas.” (Atos 1:12,14)

Desire power for your life?… It will come as you pray. For ten days the disciples prayed. Ten days of prayer plus a few minutes of preaching led to three thousand saved souls. Perhaps we invert the numbers. We’re prone to pray for a few minutes and preach for ten days. Not the apostles. Like the boat waiting for Christ, they lingered in his presence. They never left the place of prayer…
Deseja poder para sua vida?… Ele virá quando você orar. Por dez dias os discípulos oraram. Dez dias de oração mais uns poucos minutos de pregação levaram a três mil almas salvas. Talvez nós invertamos os números. Nós somos propensos a orar uns poucos minutos e pregar por dez dias. Mas não os apóstolos. Como o barquinho esperando por Cristo, eles se demoravam em Sua presença. Eles nunca deixaram o lugar de oração…

The Upper Room was occupied by 120 disciples. Since there were about 4,000,000 people in Palestine at the time, this means that fewer than 1 in 30,000 was a Christian. Yet look at the fruit. Better said, look at the fruit of God’s Spirit in them. We can only wonder what would happen today if we, who still struggle, did what they did: wait on the Lord in the right place.
O cenáculo estava ocupado por 120 discípulos. Como havia cerca de 4 milhões de pessoas na Palestina naquele tempo, isso quer dizer que menos de uma em cada 30 mil era cristã. No entanto, veja os frutos. Melhor dizendo, veja os frutos do Espírito de Deus neles. Nós podemos apenas tentar imaginar o que aconteceria hoje se nós, que ainda nos esforçamos, fizéssemos o que eles fizeram: esperar no Senhor no lugar certo.

Max Lucado



Publicado por:
Em:
12 de fevereiro de 2009 às 09:57
Categorias:
Internacionais, Reflexões
Compartilhar